Seguidores

Pesquisar este blog

terça-feira, junho 22, 2010

Mais um alerta: Diabéticos cuidado com a visão!

A diabetes é uma doença silenciosa. Muitas vezes, a pessoa já está com alguns órgãos comprometidos sem apresentar sintomas. Não sou especialista no assunto, nem tenho formação na área da saúde, mas tenho diabéticos na família e também amigos e sei que se não for controlada rigorosamente pode trazer danos irreparáveis.


Por este motivo venho dar mais um alerta sobre saúde com base em pesquisas em sites especializados. A diabetes, apesar de não ter cura, se tiver um acompanhamento médico, for devidamente controlado o nível de glicemia e um hábito alimentar saudável, torna-se possível ter uma vida normal.

Os olhos é um dos órgãos que sofre sérias conseqüências se não tiver um tratamento adequado da doença, mas também podem surgir problemas renais, neurológicos e cardiovasculares.

Um dos maiores problemas é que grande parte dessas pessoas nem se quer sabem que tem a doença pela ausência de sintomas. Sendo assim, não fazem um controle da glicemia e podem ter complicações oftalmológicas dificuldade de foco, catarata, glaucoma e danos na retina, além de cegueira.

O aumento da concentração de açúcar no sangue torna-o mais denso causando muitas complicações, entre elas, os problemas circulatórios que podem afetar os pequeninos vasos da retina que sofrem lesões. Isto leva, passado algum tempo, aos distúrbios de visão ou, como já dissemos, até à cegueira. A melhor proteção contra a retinopatia diabética é submeter-se a exames periódicos da visão efetuados pelo médico oftalmologista. É importante detectar a doença em um estágio precoce, pois muitas vezes ela não apresenta sinais. Nesses exames, o oftalmologista irá examinar o interior do olho do diabético, usando um instrumento chamado oftalmoscópio. Essa rotina deve fazer parte da vida dos diabéticos pelo menos a cada seis meses.

Em muitos casos, apenas um acompanhamento de um oftalmologista periodicamente para verificar se a doença está avançando, pode ser o suficiente, porém, se for constatado um agravamento será necessário um tratamento para deter o progresso da lesão e melhorar a visão. Aplicações a laser são indicadas para controlar ou evitar o vazamento de líquidos e sangue. Caso haja uma hemorragia em um grau maior ou descolamento de retina pode ser necessário a realização de uma cirurgia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário